Um artigo publicado pelo Science Translational Medicine mostrou que o brócolis tem uma substância que reduz a produção de glicose hepática, além de melhorar o controle glicêmico em pacientes com diabetes tipo 2. Essa substância chama-se sulforafano.

A diabetes tipo 2 está fazendo muitas vítimas no mundo inteiro e nem todos os pacientes podem ser tratados com os medicamentos existentes. Annika S. Axelsson e colaboradores da Lund University Diabetes Center, na Suíça, analisaram padrões associados ao diabetes tipo 2 e os compararam a milhares de candidatos que estavam usando medicamentos comuns para tratar a doença, através disso, eles encontram compostos que poderiam contrariar os efeitos da diabetes.

Os autores concluíram que o sulforafano reduz e inibe a produção de glicose e melhora a tolerância ao açúcar. A pesquisa foi feita com roedores mantidos em dietas de alto teor de gordura ou alta concentração de frutose. O sulforafano é um composto natural encontrado no brócolis e em outros vegetais como couve, couve de Bruxelas e repolho.

O sulforafano cessou a produção de glicose a partir de células hepáticas. Além disso, em um ensaio clínico, o extrato de brotos de brócolis contendo sulforafano foi bem tolerado e melhorou a glicemia de jejum em humanos com obesidade e diabetes tipo 2 não controlada.

(fonte de pesquisa: News Med – Seleção de estudos e artigos médicos http://bit.ly/2w2myFy)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.